Como comprar um imóvel / Educação Financeira / Financiamento / Minha Casa Minha Vida

Como o subsídio habitacional ajuda a realizar o sonho do apê próprio?

Compartilhe:
Imagem de destaque

Sair do aluguel sem dúvidas é uma das maiores realizações que você pode conquistar, não é mesmo? E nos últimos anos diversas famílias estão conseguindo realizar esse sonho graças ao subsídio habitacional.

E para nossa surpresa, muitas pessoas não sabem que possuem direito a esse benefício. Por isso, nós resolvemos explicar aqui não só o que é subsídio habitacional, mas também o que você precisa fazer para ter acesso a este benefício e conquistar o sonho do apartamento ou casa própria.

O que é o subsídio habitacional?

O subsídio habitacional é um auxílio concedido pelo governo ou por uma instituição financeira para ser utilizado na aquisição de um bem imobiliário.

Essa ajuda tem o objetivo de:

  • facilitar o pagamento de parcelas;
  • diminuir os juros;
  • abater parte do preço do imóvel.

Lembrando que as condições da concessão do subsídio habitacional não são fixas. Isto é, elas podem variar de acordo com a instituição financeira e também do seu perfil, que geralmente está atrelado a sua renda familiar. Por isso, é bom lembrar que este auxílio pode ser utilizado somente na aquisição do primeiro imóvel.

Quem tem direito ao subsídio habitacional?

O governo federal disponibiliza o subsídio habitacional através do programa “Casa Verde e Amarela”. Dessa forma, para ter direito a este benefício é preciso ser brasileiro ou naturalizado, ter no mínimo 18 anos de idade e como dissemos anteriormente, não ter nenhum imóvel no seu nome ou também não ter sido contemplado em um programa habitacional anteriormente.

Além disso, o benefício é aprovado mediante a análise do valor e da localização do imóvel, como também da renda familiar. Quanto menor a renda familiar, maior o valor do subsídio habitacional.

Atualmente, o programa trabalha com 3 faixas, sendo que cada uma tem direito a um determinado valor e taxa de juros que se adequam a cada perfil. 

Neste contexto, é importante ressaltar que esse valor não funciona como opção de entrada, mas como abatimento do valor do financiamento. Ou seja, as parcelas serão menores, por isso é sempre indicado ter pelo menos 20% do valor total do imóvel para efetuar a compra.

Confira aqui em qual categoria no programa Casa Verde e Amarela você se encaixa (antigo Minha Casa Minha Vida).

Como dar entrada no programa Casa Verde e Amarela

Uma vez que você se encaixa em um dos 3 perfis de renda familiar citados antes, o próximo passo é entrar em contato com a Caixa Econômica. Assim, você pode fazer uma simulação no site oficial do banco e depois levar os documentos em uma agência física.

Contudo, para te ajudar na simulação e encontrar o apartamento dos seus sonhos é só entrar no site oficial da Emccamp. Temos uma página exclusiva para tirar todas as suas dúvidas sobre o programa Casa Verde e Amarela e você também pode falar diretamente com um dos nossos consultores.

Clique aqui e confira. Tire todas as suas dúvidas e conheça os nossos diferenciais!

Acompanhe nossas redes sociais e não perca nada!